Quem Somos

História

O Instituto Vida São Paulo, é uma organização não governamental sem fins lucrativos, da iniciativa privada, com autonomia administrativa e financeira, regendo-se por estatuto próprio, regimento interno e legislações pertinentes que lhe são aplicáveis. Foi fundado em agosto de 1999, surgiu da experiência de seu fundador como conselheiro tutelar no município de São Paulo o qual vivenciou e respondeu a graves e urgentes violações de direitos. Percebendo as dificuldades dos defensores de direitos humanos de crianças e adolescentes bem como, políticas públicas para criança e adolescente, trabalho integrado entre os órgãos e serviços públicos, formação continuada, isolamento, e muitas vezes acuados por uma cultura cada vez menos favorável à doutrina da prioridade absoluta presente no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), este sentimento de inconformidade cresceu, e algumas pessoas que passaram a trabalhar para a modificação desta realidade e por ter em sua essência a formação continuada como ferramenta de trabalho, tem o objetivo de fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Criança e Adolescentes no município e depois expandindo suas ações para outros municípios e estados.

Na impossibilidade de criar um novo mundo, passamos a pensar como poderíamos transformar a realidade na qual vivemos. E foi assim que nasceu o Instituto Vida, através do sonho de pessoas comprometidas, que juntas lutam por maior qualidade de vida para todos. Esta organização, teve como ação política fundamental a reivindicação de atenção do poder público para à implementação de políticas públicas essenciais como educação, saúde, esporte e lazer para crianças e adolescentes excluídas e com seus direitos humanos violados. O desenvolvimento deste trabalho não é uma tarefa fácil devido à escassez de recursos financeiros equívoco da sociedade com o Estatuto da Criança e do Adolescente entre outros, porém é gratificante preservamos nosso espaço de diálogo, formação e contribuição para construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Desta forma, o Instituto ao perceber que a carência de um processo formativo mais consistente, capaz de contribuir para mudança de um perfil acrítico da discussão política e das situações vivenciadas no cotidiano brasileiro, e de educar não só defensores de direitos humanos, mas também cidadãos que enriqueçam e multipliquem a ação de defesa, compreendida com um olhar mais amplo sobre a realidade, como a pobreza, a infância e adolescência, a educação entre outros.

Com base nessa dificuldade que o Instituto Vida criou projetos de formação continuada, atuando em seminários, palestras, cursos, debates fóruns, com temas diversos (criança em situação de rua, medida sócio educativa, acolhimento institucional, liberdade assistida, violência domestica, abuso e exploração sexual, etc.) com grande abrangência. Porque formar não é ensinar discursos, mas, desenvolver a consciência crítica em que as pessoas são capazes de pensar por si mesmo e de produzir seus conhecimentos. Assim, com paciência, atravessar resistências, e criar espaço para a dúvida e a reflexão, sem impor ideias, mas permitir que uma dinâmica participativa e uma proposta pedagógica em que sejam valorizados seus conhecimentos prévios.

É importante ressaltar que o IVSP, desde 2006 é parceiro na organização das Conferencias bem como na formação dos Educadores Sociais que participam das Conferências Lúdica e Convencional na Cidade de São Paulo. Deste modo, com o passar do tempo, o Instituto foi expandindo seus trabalhos e atuação em outras regiões de São Paulo e, em março de 2007 surge o Centro Educacional Infantil Eugênio Santana, com atendimento para 75 crianças no distrito de Itaquera. E, neste mesmo ano outros Centros foram conveniados em outros dois distritos de São Miguel Paulista e Itaim Paulista. Todos conveniados com a Prefeitura Municipal de São Paulo. Atualmente o IVSP é gestor de seis Centros Educacional Infantil no Município.

Em 2009 foi aprovado pelo FUMCAD/Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes da cidade de São Paulo, o Projeto “De volta para o futuro”, objetivando a sensibilização e a formação a respeito da problemática da violência, exploração e abuso sexual praticado contra crianças e adolescentes. Este é realizado com a rede de educação, pretendendo o atendimento a 120 unidades escolares. Contando com um quadro de 100 colaboradores. E, tem realizado capacitações de conselheiros tutelares e, candidatos aos conselhos tutelares, como o Encontro realizado nos dias 22,23,24 e 25 de Agosto de 2011, em Presidente Prudente – SP, com o tema “Relacionamento do Conselho Estadual de Direitos e o Conselho Tutelar”, como também participou do Ciclo Paulista de Capacitação de Conselheiros Tutelares em Setembro de 2011 com o Tema “A importância das Conferências dos Direitos da Criança e do Adolescentes para a garantia dos Direitos”.

Iniciou em 2012 a Jornada Nacional de Formação do Sistema de Garantia de Direitos – Conselhos Tutelares, Conselhos de Direitos, Educadores Sociais, Gestores e Estudantes. Na primeira edição na Cidade de Cubatão, com a presença de 14 estados e 200 participantes, que discutiram durante os três dias a importância do Plano Decenal municipal como garantia de direitos humanos de criança e adolescente. E é por acredita que a capacitação e formação dos profissionais envolvidos na Defesa e Garantia dos Direitos de Crianças e Adolescentes que o Instituto Vida São Paulo, se propõe a realizar o monitoramento e fortalecimento da rede de Conselhos Tutelares através do Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares à Luz do Plano Decenal, através do acompanhamento das reuniões do CONANDA e a realização de Seminários e Congresso Nacional dos Conselhos Tutelares.